Feijão e arroz podem ficar até 7% mais baratos no Estado do Rio, diz Asserj

Após a regulamentação da lei nº 9391/2021, que isenta o arroz e o feijão de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), os do...


Após a regulamentação da lei nº 9391/2021, que isenta o arroz e o feijão de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), os dois alimentos podem ficar até 7% mais baratos nos supermercados fluminenses, de acordo com a Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj). A norma foi regulamentada por meio do decreto estadual nº 47.787/2021, publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 6.

"Fizemos questão de batalhar pela regulamentação desta lei, porque sabemos da importância para o consumidor. Para os supermercados, qualquer desconto na taxação dos produtos reflete diretamente nas prateleiras. Nossa próxima meta é tentar a isenção em outros produtos da cesta básica. Já estamos negociando diretamente com a secretaria de Fazenda", afirma Fábio Queiróz, presidente da Asserj.

Com a regulamentação da lei, a carga tributária que incide sobre o feijão e o arroz fica equiparada à do estado de São Paulo. A mudança na taxação dos principais itens que compõem o prato dos brasileiros foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) no dia 12 de agosto e sancionada pelo governador Cláudio Castro (PL) em setembro.

O consultor de Varejo Marco Quintarelli lembra que o arroz e o feijão são a base da alimentação brasileira. Ele avalia que o impacto da isenção do ICMS dos dois produtos será de "grande valia". E acrescenta: "Quando a família vai fazer algum tipo de lista de compras para o mês, a primeira coisa que eles colocam como base é o feijão e o arroz. Então, essa lei vai ser de suma importância para que, pelo menos, esses dois itens estejam resguardados dentro de um orçamento familiar".

A garçonete Rosangela Duarte, de 55 anos, considera "muito importante" a queda nos preços dos itens que compõe o tradicional prato feito. "Principalmente, as famílias de baixa renda foram afetadas pelo alto preço dos alimentos. É absurdo como tudo encareceu muito e não há previsão de melhora. Alimentos básicos do dia a dia não deveriam ter subido tanto”, opina, completando que o arroz e o feijão, aparentemente, se tornaram "luxos" para algumas famílias.


Cesta básica
O custo médio da cesta básica de alimentos aumentou em 11 cidades e diminuiu em seis, de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em 17 capitais. Segundo o levantamento divulgado nesta quarta-feira, as maiores altas foram registradas em Brasília (3,88%), Campo Grande (3,53%), São Paulo (3,53%) e Belo Horizonte (3,49%). As capitais com quedas mais intensas foram João Pessoa (-2,91%) e Natal (-2,90%).

O Rio de Janeiro permanece na quarta colocação da cesta mais cara do país (R$ 643,06). Já as três primeiras colocações ficaram com São Paulo (R$ 673,45), Porto Alegre (R$ 672,39) e Florianópolis (R$ 662,85), ainda conforme o estudo. Entre as capitais do Norte e Nordeste, onde a composição da cesta tem algumas diferenças em relação às demais cidades, Aracaju (R$ 454,03), João Pessoa (R$ 476,63) e Salvador (R$ 478,86) registraram os menores custos.

Ao comparar setembro de 2020 e setembro de 2021, o preço do conjunto de alimentos básicos subiu em todas as capitais que fazem parte do levantamento. Os maiores percentuais foram observados em Brasília (38,56%), Campo Grande (28,01%), Porto Alegre (21,62%) e São Paulo (19,54%).





Via O Dia 
Por Letícia Moura 

COMENTÁRIOS

Nome

21º BPM,122,64ª DP,27,Ação Social,22,Acidente,23,Acontecimento,18,Acontecimentos,15,Agente Comunitário,1,Água,23,Ajuda,1,alagamento,1,Alerj,6,Ambev,1,ameaça,1,animal,36,aplicativo,8,Aposentado,11,Apreensão,80,áreas públicas,1,Arraiá da Colina,2,Arte,13,Artesanal,2,artista,3,Assalto,43,Assistência Social,24,Atacadista,3,Atendimento,6,aulas,7,Auxilio Emergencial,6,Auxílio Emergencial,50,Baixada Fluminense,437,Bala Perdida,7,Banco do Brasil,1,Bancos,6,Batalhão de Choque,1,Belford Roxo,4,Bolsa Família,22,Bolsonaro,2,brasil,37,Cadastro Único,3,Caixa,18,Caixa Econômica Federal,15,Calçadão,2,Câmara dos Vereadores,6,Câmera de Segurança,4,Campanha,5,Campanha de Vacinação,31,câncer,5,cantor,1,CAPS,1,Carga Roubada,23,Carnaval,9,carro,1,Carteira de habilitação,1,Ceam,1,CEDAE,26,CEJA,1,celular,1,chuva,7,Cidadania,8,CNH,1,Coleta de lixo,12,Comércio,9,Comunidade,1,Concurso,16,Conselho Tutelar,3,Conta de Luz,5,Conta Poupança,1,Coronavirus,1,Coronavírus,137,Corpo de Bombeiros,22,Correios,2,covid-19,121,Covid19,37,Cras,8,CRIANÇA,2,Crime,13,Cultura,33,culutra,1,Curso,10,Deam,6,Defesa Civil,21,defesa do consumidor,1,Degase,1,dengue,1,Denúncia,10,Desaparecido,13,desemprego,4,Detran,42,Detro,1,Detro-RJ,4,DHBF,42,DHF,1,Dia das Mães,2,dinheiro,13,diplomação,1,Direitos Humanos,3,Doação,16,Documentos,3,Dpvat,1,Duque de Caxias,7,Economia,33,eduacação,1,educação,69,EJA,1,Eleição,14,eleições,4,Emergência,1,Empreendorismo,4,Emprego,16,empresa,2,ENEM,8,enérgia,1,ensino,2,Entretenimento,3,Esporte,24,Estado,4,Estágio,4,Estudos,1,Estupro,7,Evento,41,Ex-prefeito,1,Exames,1,Exército,3,fábrica,2,faculdade,2,Febre Amarela,1,Feira de Adoção,2,Feminicídio,3,Feriado,5,férias,1,festa,6,FGTS,4,fiocruz,1,Firjan SESI,3,Fiscalização,13,fogo,1,fórum,1,Futebol,2,Gás,2,Gasolina,2,Gelson Azevedo,1,Globo,4,Google,1,Governador,6,Governo do Estado,14,Governo Federal,24,Grande Rio,7,gratuita,4,greve,1,Guarda Municipal,6,homem,2,Homenagem,6,Homicídio,38,Hospital,33,IBGE,6,Idoso,18,IFRJ,4,Igreja,6,Imposto de Renda,4,inauguração,18,incêncio,1,Incêndio,14,Indústria,1,inscrições,5,INSS,7,Internet,3,IPTU,6,IPVA,3,Isolamento Social,2,Jair Bolsonaro,2,João Ferreira,7,Justiça,11,juventude,1,Laser,1,Lazer,44,LBV,3,Lei,3,leilão,6,Licenciamento Anual,1,Light,32,Limpeza Urbana,2,Lixo,14,luz,5,manutenção,18,Marinha,4,maternidade,1,Matrículas,2,MEC,4,Medo,1,Mega da Virada,1,Mega-sena,1,Meio Ambiente,9,Menor de Idade,11,Mesquita,1,metro,1,Metrô,2,Milícia,8,Ministério da Educação,2,Ministério Público,9,Moda,1,Morro do Amor,1,Morte,80,Morto,27,moto,2,MPF,2,MPRJ,8,Mulher,31,museu,1,Música,10,Mutirão,16,Natal,3,natureza,2,Nilópolis,2,Nova Iguaçu,4,obra,1,Obras,27,Ônibus,22,online,1,Operação,17,ordem pública,2,Ordem Urbana,1,Outubro Rosa,3,pagamento,14,Palestra,3,Pedágio,1,Perseguição,6,Pessoas com Deficiência,2,petrobras,4,Pirataria,1,PIS/PASEP,2,PMERJ,2,Polícia,591,Polícia Civil,46,Polícia Militar,31,Política,34,políticia,3,População,2,posse,1,poupa tempo,6,praia,2,preços,9,Prefeitura,67,preito,1,Preso,14,previdência,4,previsão do tempo,1,PRF,10,Prisão,319,Processo Seletivo,5,Procon,12,Procurado,3,proeis,1,protesto,3,queimados,1,Reality Show,1,receita estadual,1,Receita Federal,3,Receptação,6,Rede Municipal,5,Resgate,5,RG,1,Rio de Janeiro,40,Rodovia Presidente Dutra,10,Roubo,101,Salário,14,Samu,2,Saneamento,3,sangue,4,São João de Meriti,1914,são joõa de meriti,1,Saúde,280,Sebrae,2,Segurança,5,Segurança Presente,4,Sequestro,2,Sérgio Mouro,1,Serviços da Prefeitura,11,Serviços público,10,SESC,9,Shopping Grande Rio,91,Show,7,SINE,1,Sorteio,3,STF,1,STJ,1,Suicídio,1,SuperaRJ,2,Supermercado,6,Supervia,8,SUS,4,Tarifa,2,Tentativa de Assalto,17,Tiroteio,19,Trabalhador,2,Trabalho,8,Tráfico de Drogas,116,trânsito,10,Transporte,11,TRE,2,TRE-RJ,2,Trem,7,tse,1,Uerj,1,UPA,16,Vacina,43,Vacinação,40,vagas,5,Veículo,17,vendas,1,vestibular,1,Via Music Hall,4,vicina,1,Vigilância Sanitária,6,Violência,4,Violência Doméstica,6,Vítima,6,WhatsApp,5,Wilson Witzel,1,
ltr
item
Notícias de São João de Meriti: Feijão e arroz podem ficar até 7% mais baratos no Estado do Rio, diz Asserj
Feijão e arroz podem ficar até 7% mais baratos no Estado do Rio, diz Asserj
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEic_9w_nSm5bQr0Q6Lpk-8smaIBARCgxmdEuYoIiNyd6amm7a2SeQd2VJZsRSBsaP3R_1CsE_I5ll61BlBzrZ1Q7AQQM2IPVGuDVbnS8jQcnlxOuE2CLVZHNp95OTmKlPNYeubkYpUIbXvOobHxA6Z1uRPcGX0VsZO7-AA9v67Jo6WId8bhj294oCxK=w640-h334
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEic_9w_nSm5bQr0Q6Lpk-8smaIBARCgxmdEuYoIiNyd6amm7a2SeQd2VJZsRSBsaP3R_1CsE_I5ll61BlBzrZ1Q7AQQM2IPVGuDVbnS8jQcnlxOuE2CLVZHNp95OTmKlPNYeubkYpUIbXvOobHxA6Z1uRPcGX0VsZO7-AA9v67Jo6WId8bhj294oCxK=s72-w640-c-h334
Notícias de São João de Meriti
https://www.noticiasdesaojoaodemeriti.com/2021/10/feijao-e-arroz-podem-ficar-ate-7-mais.html
https://www.noticiasdesaojoaodemeriti.com/
https://www.noticiasdesaojoaodemeriti.com/
https://www.noticiasdesaojoaodemeriti.com/2021/10/feijao-e-arroz-podem-ficar-ate-7-mais.html
true
827011952052751005
UTF-8
Carregando Postagens Não foi encontrado nenhuma postagem VER MAIS Leia Mais Resposta Cancelar Resposta Excluir Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Mais RECOMENDADO PARA VOCÊ ETIQUETA ARQUIVO PESQUISAR MAIS POSTAGENS Não foi encontrado qualquer postagem correspondente com o seu pedido Voltar ao Início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para o clipboard Não consegue copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C em Mac) para copiar Tabela de Conteúdo