Óleo de soja tem maior subida de preço do ano de 2020

BRASIL - O óleo de soja foi o grande campeão das altas de preços no ano de 2020, como mostram os dados da inflação oficial do país divulgado...


BRASIL - O óleo de soja foi o grande campeão das altas de preços no ano de 2020, como mostram os dados da inflação oficial do país divulgados nesta terça-feira (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A lista de subitens do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) tem um domínio completo dos alimentos entre as maiores altas do ano. Os 15 primeiros colocados estão na categoria. Além do óleo de soja, encabeçam o ranking o arroz (76,01%), feijão fradinho (68,08%) e batata-inglesa (67,27%).

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a procura por alimentos se intensificou no mercado interno. A alta do dólar também tornou produtos brasileiros mais competitivos no exterior, elevando as exportações e gerando impacto nos preços.

Por outro lado, as restrições de circulação necessárias para conter a disseminação da Covid-19 trouxeram consequências para o setor de serviços. Entre as principais quedas de preços em 2020 estão passagens áereas (-17,15%) e hospedagem (-8,07%), por exemplo.

Abaixo, confira a lista de maiores altas e quedas de preços em 2020.

20 maiores altas

  1. Óleo de soja: 103,79%
  2. Arroz: 76,01%
  3. Feijão fradinho: 68,08%
  4. Batata-inglesa: 67,27%
  5. Laranja-lima: 53,1%
  6. Tomate: 52,76%
  7. Batata-doce: 48,1%
  8. Repolho: 46,43%
  9. Cenoura: 45,98%
  10. Feijão preto: 45,38%
  11. Laranja baía: 44,23%
  12. Maçã: 42,76%
  13. Banana-d'água: 39,28%
  14. Peixe tainha: 38,98%
  15. Banana-maçã: 38,55%
  16. Colchão: 36,93%
  17. Morango: 36,56%
  18. Abobrinha: 34,58%
  19. Pimentão: 34,16%
  20. Carne de Peito: 33,99%

20 maiores baixas

  1. Passagem aérea: -17,15%
  2. Limão: -14%
  3. Agasalho feminino: -13,78%
  4. Mochila: -11,81%
  5. Agasalho infantil: -10,53%
  6. Agasalho masculino: -9,01%
  7. Ônibus interestadual: -8,32%
  8. Hospedagem: -8,07%
  9. Móvel para copa e cozinha: -8,03%
  10. Seguro voluntário de veículo: -7,91%
  11. Peixe-serra: -7,8%
  12. Neurológico: -7,47%
  13. Saia: -7,38%
  14. Mudança: -7%
  15. Anti-infeccioso e antibiótico: -6,8%
  16. Filé-mignon: -6,28%
  17. Antidiabético: -6,26%
  18. Caderno: -6,23%
  19. Brinquedo: -6,05%
  20. Móvel infantil: -5,92%

Inflação ao longo dos últimos anos — Foto: Economia G1

Alimento como vilão

O principal motor das altas de preços é a diferença entre a oferta e a demanda dos produtos. Quando a oferta é baixa e a demanda é alta, os preços tendem a subir. Na situação oposta, quando tem pouca gente querendo comprar e muita mercadoria para vender, o natural é que os preços caiam.

Mas, na situação atual do Brasil, surgiram novos "vilões": a procura por alimentos e commodities no mercado internacional e, principalmente, o dólar alto levaram a inflação de produtos às alturas. Todos os produtos, além de verem seus preços subirem em dólar, também sofrem efeito de uma desvalorização forte do real frente à moeda americana.

O real sofreu desvalorização recorde em relação ao dólar por causa das incertezas com o plano de recuperação fiscal brasileiro, juros mais baixos, crescimento tímido e a despreocupação do governo com o meio ambiente. E, sempre que o real se desvaloriza, acaba convidando os países a comprar do Brasil.

Por um lado, há melhora dos números da balança comercial. Por outro, acontece um desabastecimento do mercado brasileiro para itens que são matéria-prima para fabricação de alimentos que chegam às gôndolas. A alta da soja, por exemplo, aumenta o preço de ração animal, que se reflete nos custos da carne.

A principal vilã da inflação em 2020 foi a alimentação. Os preços do conjunto de alimentos e bebidas tiveram alta acumulada de 14,09% ao longo do ano, o maior aumento desde 2002 (19,47%). Segundo o IBGE, os alimentos responderam sozinhos por quase metade da inflação do ano, com um impacto de 2,73 pontos percentuais sobre o índice geral.

Depois da alimentação, o segundo maior impacto sobre a inflação de 2020 partiu da habitação, que acumulou alta de 5,25% no ano.

Via G1

COMENTÁRIOS

Nome

21º BPM,123,64ª DP,27,Ação Social,19,Acidente,22,Acontecimento,18,Acontecimentos,15,Agente Comunitário,1,Água,22,Ajuda,1,alagamento,1,Alerj,5,Ambev,1,ameaça,1,animal,28,aplicativo,8,Aposentado,10,Apreensão,67,áreas públicas,1,Arraiá da Colina,2,Arte,13,Artesanal,1,artista,3,Assalto,40,Assistência Social,22,Atacadista,1,Atendimento,5,aulas,7,Auxilio Emergencial,6,Auxílio Emergencial,49,Baixada Fluminense,425,Bala Perdida,7,Bancos,5,Batalhão de Choque,1,Belford Roxo,4,Bolsa Família,22,Bolsonaro,2,brasil,36,Cadastro Único,3,Caixa,18,Caixa Econômica Federal,13,Calçadão,2,Câmara dos Vereadores,6,Câmera de Segurança,4,Campanha,4,Campanha de Vacinação,28,câncer,5,cantor,1,CAPS,1,Carga Roubada,21,Carnaval,9,carro,1,Carteira de habilitação,1,Ceam,1,CEDAE,25,CEJA,1,celular,1,chuva,6,Cidadania,8,CNH,1,Coleta de lixo,12,Comércio,9,Comunidade,1,Concurso,12,Conselho Tutelar,3,Conta de Luz,5,Conta Poupança,1,Coronavirus,1,Coronavírus,137,Corpo de Bombeiros,18,Correios,2,covid-19,108,Covid19,37,Cras,7,CRIANÇA,2,Crime,13,Cultura,31,Curso,8,Deam,5,Defesa Civil,17,defesa do consumidor,1,Degase,1,dengue,1,Denúncia,9,Desaparecido,10,desemprego,4,Detran,38,Detro,1,Detro-RJ,4,DHBF,42,DHF,1,Dia das Mães,2,dinheiro,13,diplomação,1,Direitos Humanos,2,Doação,10,Documentos,3,Dpvat,1,Duque de Caxias,7,Economia,30,eduacação,1,educação,63,EJA,1,Eleição,14,eleições,4,Emergência,1,Empreendorismo,4,Emprego,14,empresa,1,ENEM,7,enérgia,1,ensino,2,Entretenimento,3,Esporte,20,Estado,3,Estágio,4,Estudos,1,Estupro,7,Evento,29,Ex-prefeito,1,Exames,1,Exército,3,fábrica,2,faculdade,2,Febre Amarela,1,Feira de Adoção,2,Feminicídio,3,Feriado,4,férias,1,festa,2,FGTS,4,fiocruz,1,Firjan SESI,3,Fiscalização,12,fogo,1,Futebol,1,Gasolina,1,Gelson Azevedo,1,Globo,4,Google,1,Governador,6,Governo do Estado,12,Governo Federal,24,Grande Rio,7,gratuita,4,greve,1,Guarda Municipal,6,homem,2,Homenagem,3,Homicídio,37,Hospital,30,IBGE,6,Idoso,15,IFRJ,3,Igreja,6,Imposto de Renda,4,inauguração,12,incêncio,1,Incêndio,12,Indústria,1,inscrições,2,INSS,7,Internet,3,IPTU,6,IPVA,3,Isolamento Social,2,Jair Bolsonaro,2,João Ferreira,7,Justiça,11,Laser,1,Lazer,43,LBV,3,Lei,3,leilão,5,Licenciamento Anual,1,Light,23,Limpeza Urbana,2,Lixo,14,luz,5,manutenção,10,Marinha,4,maternidade,1,Matrículas,2,MEC,3,Medo,1,Mega da Virada,1,Mega-sena,1,Meio Ambiente,9,Menor de Idade,11,Mesquita,1,metro,1,Metrô,2,Milícia,5,Ministério da Educação,2,Ministério Público,9,Moda,1,Morro do Amor,1,Morte,67,Morto,27,moto,2,MPF,2,MPRJ,5,Mulher,30,museu,1,Música,9,Mutirão,14,Natal,3,natureza,2,Nilópolis,2,Nova Iguaçu,3,obra,1,Obras,25,Ônibus,19,online,1,Operação,16,ordem pública,2,Ordem Urbana,1,Outubro Rosa,2,pagamento,14,Palestra,2,Pedágio,1,Perseguição,5,Pessoas com Deficiência,1,petrobras,3,Pirataria,1,PIS/PASEP,2,PMERJ,2,Polícia,518,Polícia Civil,46,Polícia Militar,31,Política,34,políticia,3,População,1,posse,1,poupa tempo,6,praia,2,preços,8,Prefeitura,57,preito,1,Preso,14,previdência,4,previsão do tempo,1,PRF,10,Prisão,300,Processo Seletivo,4,Procon,10,Procurado,3,proeis,1,protesto,3,queimados,1,Reality Show,1,receita estadual,1,Receita Federal,3,Receptação,5,Rede Municipal,5,Resgate,4,RG,1,Rio de Janeiro,39,Rodovia Presidente Dutra,10,Roubo,97,Salário,14,Samu,1,Saneamento,3,sangue,1,São João de Meriti,1709,são joõa de meriti,1,Saúde,257,Sebrae,2,Segurança,5,Segurança Presente,4,Sequestro,2,Sérgio Mouro,1,Serviços da Prefeitura,8,Serviços público,10,SESC,9,Shopping Grande Rio,88,Show,7,SINE,1,Sorteio,3,STF,1,STJ,1,Suicídio,1,SuperaRJ,2,Supermercado,5,Supervia,8,SUS,4,Tarifa,2,Tentativa de Assalto,17,Tiroteio,17,Trabalhador,2,Trabalho,3,Tráfico de Drogas,110,trânsito,7,Transporte,8,TRE,2,TRE-RJ,2,Trem,7,tse,1,Uerj,1,UPA,16,Vacina,36,Vacinação,31,vagas,5,Veículo,17,vendas,1,vestibular,1,Via Music Hall,4,vicina,1,Vigilância Sanitária,6,Violência,4,Violência Doméstica,5,Vítima,6,WhatsApp,5,Wilson Witzel,1,
ltr
item
Notícias de São João de Meriti: Óleo de soja tem maior subida de preço do ano de 2020
Óleo de soja tem maior subida de preço do ano de 2020
https://1.bp.blogspot.com/-gQiz0QGFAVw/X_24e28yJRI/AAAAAAAAXNE/xp58a3EmWucuZhtBJv1OKmL9TKB_9KvHwCLcBGAsYHQ/w640-h334/%25C3%2593leo-de-soja-tem-maior-subida-de-pre%25C3%25A7o-do-ano-de-2020.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-gQiz0QGFAVw/X_24e28yJRI/AAAAAAAAXNE/xp58a3EmWucuZhtBJv1OKmL9TKB_9KvHwCLcBGAsYHQ/s72-w640-c-h334/%25C3%2593leo-de-soja-tem-maior-subida-de-pre%25C3%25A7o-do-ano-de-2020.jpg
Notícias de São João de Meriti
https://www.noticiasdesaojoaodemeriti.com/2021/01/oleo-de-soja-tem-maior-subida-de-preco.html
https://www.noticiasdesaojoaodemeriti.com/
https://www.noticiasdesaojoaodemeriti.com/
https://www.noticiasdesaojoaodemeriti.com/2021/01/oleo-de-soja-tem-maior-subida-de-preco.html
true
827011952052751005
UTF-8
Carregando Postagens Não foi encontrado nenhuma postagem VER MAIS Leia Mais Resposta Cancelar Resposta Excluir Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Mais RECOMENDADO PARA VOCÊ ETIQUETA ARQUIVO PESQUISAR MAIS POSTAGENS Não foi encontrado qualquer postagem correspondente com o seu pedido Voltar ao Início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para o clipboard Não consegue copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C em Mac) para copiar Tabela de Conteúdo